Cuidados e restrições para brasileiros em viagens internacionais

Tanto dentro quanto fora do Brasil, muitos destinos passaram a permitir a entrada de turistas apenas com a apresentação de um RT-PCR negativo.

Victorya Nascimento Batista*

Sob supervisão de Filipe Vasconcelos

2 de setembro de 2020

Segurança: saiba as regras e cuidados para viajantes, na pandemia

Em meio a pandemia de coronavírus, viajar significa estar exposto e totalmente vulnerável à Covid-19. Por isso, autoridades sanitárias continuam desaconselhando viagens durante o período de distanciamento social e muitos países fecharam as portas para turistas, permitindo apenas viagens essenciais.

 

Mesmo com restrições para realizar viagens comerciais, alguns países voltaram a abrir suas fronteiras para brasileiros (link do texto Viajar: destinos internacionais para brasileiros na pandemia), mas não sem antes estabelecer regras e procedimentos de segurança.

 

Um dos procedimentos mais comuns tem sido a realização de triagens, realizadas por companhias aéreas, que exigem principalmente o teste negativo de RT-PCR.

Mas o que é um RT-PCR e onde é possível fazer o exame?

O RT-PCR é um teste biomolecular, que através da coleta de secreções (nariz ou garganta) pode detectar a infecção por covid-19 em pessoas com suspeita de contágio, de maneira mais precisa – em lugares como Emirados Árabes Unidos e Equador, é obrigatório a apresentação do RT-PCR negativo no check-in.

 

Mas, se mesmo assim, há a necessidade de fazer alguma viagem nesse momento, veja abaixo as restrições e cuidados para viajantes partindo do Brasil.

 

Fique atento às restrições de cada país: As regras mudam com frequência, por isso se informe e esteja sempre atento às novidades antes de viajar. Para mais informações, entre em contato com o consulado do país que deseja visitar.

 

Alerta para níveis de contágio: Pesquise e se mantenha informado sobre os níveis de contágio do lugar que você vai visitar para não correr o risco de trazer o vírus quando voltar.

 

Europa e EUA: Turistas que saem ou passaram pelo Brasil recentemente não podem entrar na Europa nem nos Estados Unidos, porém de acordo com a publicação feita pelo jornal O Estado de São Paulo, os mesmos contam algumas raras exceções.

 

Mas lembre-se: viagens a lazer não são urgentes, por isso faça a sua parte e se puder fique em casa.